Santa Maria

Ontem, hoje e amanha

Santa Maria situa-se no sul da ilha do Sal a 18km dos Espargos, onde se encontra o Aeroporto Internacional Amilcar Cabral do Sal. Esta vila tem uma praia com 8km de extensao que é banhado por um mar esverdeado e aguas mornas propricias para mergulho, pesca e sem esquecer do vento favoravel para a pratica do windsurf, surf, etc.

Santa Maria é sem duvida o mais antigo povoado da ilha do Sal, pois em 1933 iniciou-se o seu povoamento e a instalaçao das autoridades alfandegarias e administrativas. Entre os seculos dezoito e dezanove houve uma grande explosao das salinas de Santa Maria juntamente com as de Pedra de Lume.

Manuel Anotnio Martins é considerado fundador da ilha visto que foi o primeiro a interessar-se pelo desenvolvimento do comércio no Sal. Com a exploraçao das salinas, Santa Maria, nos anos 30, detinha a maior populaçao da ilha o que contribuiu para que se tornasse numa vila. Naquela época a populaçao deslocava-se de Santa Maria para o Algodeiro a fim de buscar agua.

Em 1964 a vila de Santa Maria dispunha de instalaçoes municipais onde funcionavam a alfandega, os correios, a cadeia civil, a escola, o posto sanitario, a central eletrica e os edificios dos paços de conselho ( a administraçao do conselho, a repartiçao de registo, entre outros).

Hoje, a vila de Santa Maria encontra-se totalmente modificada e é uma referencia nos pacotes turisticos. Devido à sua linda praia e ao seu clima propricio tem-se desenvolvido projectos turisticos como por exemplo hotéis, restaurantes, aparthotéis (exemplo do aparthotel Santa Maria beach, pois nao possui o serviço completo, apenas quartos, a recepçao e o bar), pausadas, entre outros. Com esses investimentos, a Camara Municipal e Promex tem vindo a promover o turismo de modo a desenvolver a ilha do Sal e Santa Maria, em particular. Podemos salientar a isençao de impostos durante dez anos, o que é mau para a nossa economia, visto que ao fim desses dez anos os investidores podem ir-se embora depois de terem obtido lucros e esses proprios hoteis importam os materiais para a construçao das suas infrastruturas e também os géneros alimenticios, nao dando importancia ao produto interno.

Com a criaçao de infrastruturas turisticas tem-se gerado mais postos de trabalho e entrada de divisas, contudo existe uma grande exploraçao de mao-de-obra, muitas vezes por inexistencia de formaçao dos trabalhadores, sendo assim os hotéis que sao os mais interessados deviam criar uma escola de formaçao em parceria com a propria Camara do Sal juntamente com o Promex e com o sindicato (na nossa opiniao o sindicato devia incentivar aos proprios exploradores a reenvidicar os direitos de trabalhadores).

Podemo-nos referir ao aumento consideravel dos preços de bens de primeira necessidade nesta vila, em que a propria populaçao esta’ sujeita ao mesmo preço que o turista, o que é um exagero.

Os turistas pagam quatro mil escudos para fazerem tranças pequenas ou seja “rasta”.

O turismo tem trazido grandes beneficios quer a Cabo Verde, quer a Santa Maria, contudo acarretando maleficios (caso da prostituiçao, aumento de casos de SIDA, gravidez precoce na adolescencia, aumento também do consumo de drogas ilicitas e roubos). Devido à criaçao das discotecas e nao so, verifica-se um aumento de prostituiçao ( as mulheres que vem da Nigeria, Gambia entre outras partes de Africa para se prostituirem) e a malta jovem que esta’ aderindo “à padjinha”.

As noites em Santa Maria sao animadas, como por exemplo o restaurante Funana que tem estado a promover a nossa cultura e a “divertir” um pouco os turistas, divulgando a nossa gastronomia.

Santa Maria hoje tem varios hotéis, pausadas, aparthoteis e restaurantes de investidores estrangeiros como também de caboverdianos.

A maior parte ou a maioria dos hoteis sao de investidores estrangeiros ( italianos, portugueses, espanhois).

Os hoteis, em parceria com as agencias de viagens, estao trazendo varios turistas para a ilha do Sal, pois as agencias de viagens tem a funçao de divulgar os hotéis e de trazer os turistas para ca, assim, incluem nas passagens: a estadia, a alimentaçao, a animaçao, enfim tudo o que o turista quiser desde que esteja incluido na passagem, isto é, eles pagam uma determinada quantia antes de virem para a ilha do Sal. Esta parceria nao tem trazido vantagens para a ilha, mais precisamente para os outros investimentos (restaurantes, lojas), pois eles consomem tudo dentro os hotéis. Os estrangeiros que escolhem Cabo Verde para passar as suas férias sao: portugueses, italianos, franceses, alemaes, entre outros.

Os hotéis proporcionam aos turistas uma excursao aos principais pontos turisticos da ilha, tais como Buracona, situada na localidade de Palmeira que é elogiada pela sua beleza natural que ultimamente tem vindo a ser alvo de roubos; as salinas de Pedra de Lume que ficam situadas

na cratera de um vulcao extinto- outro ponto bastante visitado pelos turistas pelo que o grupo Djasal holiday club construiu um restaurante de nome Cadamostro de modo a atrair os turistas.

Santa Maria para o futuro sera’ bem diferente do que é hoje, devido aos varios projectos que se vem desenvolvendo, exemplo do Cabocan que esta’ a construir varios empreendimentos (hoteis, hospital, moradias, espaços verde, centro comercial, fornecimento de energia e

agua- neste momento oferece agua so para o hotel Belorizonte, Farol e Vila Crioula). A camara também tem projectos para Santa Maria, mais precisamente para a populaçao.

Mais tarde como sera’ a vila de Santa Maria??? Sera’ vila ou cidade? Na nossa opiniao, sera’ uma cidade turistica, o paraiso (quiça igual a Las Vegas), mas a populaçao e as entidades competentes tem que se conscencializar dos seus beneficios como também dos problemas que o turismo traz.

Por: Jaimiza Tomar, Maria Teresa, Leila Tomar e Sandra Andrade

(  “AS AVESSAS” , VOLUME 1, N°3 Março de 2002)